4 LIÇÕES PARA OS NEGÓCIOS DIRETO DA F1

Atualizado: há 6 dias

Em um ambiente competitivo como a Fórmula 1 pequenos detalhes fazem grande diferença.

O mais impressionante é que em meio a sofisticadas tecnologias e equipamentos, o que realmente faz valer é o fator humano.


No mundo dos negócios precisamos mensurar todas as variáveis. Quando imprevistos acontecerem, dispormos de inteligência emocional e do poder de análise com mais precisão e assertividade, para com isso, resolver determinado problema. Você deve contar também com toda a sua experiência, conhecimentos e habilidades.


Você está pilotando seu negócio a 300km/hora? Ou fazendo volta de aquecimento dos pneus?

Abaixo compartilho 4 pontos que podem ser a luz verde ou um sinal de alerta amarelo seus negócios.

Foco – Ao pilotar um carro que ultrapassa os 300 Km/h e com uma série de funções e decisões é necessário muito foco para alcançar o objetivo: ultrapassar a linha de chegada à frente de todos. Nos negócios, não é diferente. Precisamos nos concentrar nas tarefas do dia a dia. Focar naquilo que realmente é importante e deixar as distrações de lado. Distração aqui é tudo aquilo que põem em risco o seu rendimento e que diminua a sua produtividade.


E é nessa lógica que algumas habilidades que são valorizadas na Fórmula 1 têm total conexão com o mundo dos negócios. Pois, situação de pressão e stress têm forte influência na capacidade de decisão de gestores.

Inteligência Emocional – Conhecer a si mesmo! Saber gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos.

Lidamos com sentimentos distintos em relação aos acontecimentos e no ambiente dos negócios as respostas a eles são exigidas de forma imediata. Existem pessoas que tem naturalmente a habilidade neste campo, exploram a inteligência emocional com maestria. Estas são hábeis em controlar sentimentos ruins, não demonstrando-os; capazes de fazer uma avaliação correta do cenário; são confiantes e focadas nos objetivos.

Raciocínio rápido – A Fórmula 1 é um celeiro da modernidade do automobilismo. Por isso, o trabalho constante com ferramentas e métricas para quantificar resultados é constante. Como exemplos: consumo de pneus, performance nas curvas, previsão de parada nos boxes... Enfim, tudo é medido, mas ainda assim, imprevistos acontecem.

Minimizar os riscos – O piloto é munido de uma série de informações para saber a hora correta de arriscar. E para arriscar, ele deve conhecer bem: a pista aonde está correndo, o comportamento do seu carro e dos seus adversários. Da mesma forma, para fazermos algo ousado em nossos negócios, devemos conhecer bem o que estamos fazendo e a área que atuamos. Pois assim como na Fórmula 1, um erro pode “tirar da corrida” e do mercado.

Potencialize suas habilidades e competências e turbine o seu sucesso profissional e pessoal. Gostou do post? www.andersonwilliams.com.br

#Consciênciaéamaiorriqueza #liderança #inteligenciaemocional #foco #trabalhoemequipe #vidacorporativa #empreender #minimizarriscos #raciocíniorápido #empreender

Mídias

Nossa Política de Privacidade 

Inspiração & Performance

11 - 99295 8328

2019 - 2020 - Direitos Reservados Anderson Williams Palestrante